Biblioteca Municipal João Bosco Pantoja Evangelista

Biblioteca Municipal João Bosco Pantoja Evangelista – Foto: Ingrid Anne/Semcom

Onde: Esquina da Rua Monsenhor Coutinho – Centro (próximo à Praça do Congresso)
Quando: Visitação de segunda a sexta, das 9h às 14h – Em virtude da Covid-19, o agendamento prévio deve ser feito pelo e-mail [email protected]
Quanto: Entrada gratuita

Protocolos de segurança:

  1. A visita deverá ser agendada pelo e-mail [email protected];
  2. As visitas terão duração de até 45 minutos e ocorrerão de segunda a sexta-feira, nos horários de 9h, 10h, 11h, 12h, 13h  14h.
  3. O agendamento é feito para organizar o fluxo de visitas de grupos e garantir o distanciamento social entre todos os que estiverem nas dependências da Biblioteca. Por este motivo, cada horário de visitação terá até 30 pessoas;
  4. Ao solicitar o agendamento, é necessário informar no corpo do e-mail: nome completo do solicitante, número do documento de identificação oficial (RG, CPF ou passaporte), telefone para contato, data e horário desejados para a visita, quantidade de pessoas que farão a visita, cidade e estado de origem dos visitantes e profissão dos visitantes;
  5. Fique atento ao seu e-mail. O envio do e-mail de solicitação não garante a reserva do horário. O agendamento da sua visita só estará confirmado a partir do recebimento de uma resposta de nossa equipe. As respostas aos pedidos de agendamento serão feitas em até 24 horas úteis;
  6. O visitante deve chegar à Biblioteca 10 minutos antes do horário agendado;
  7. O uso da máscara de maneira correta e a manutenção do distanciamento social são obrigatórios e deverão ser respeitados durante todo o tempo de permanência do visitante na Biblioteca;
  8. Leve sua própria garrafa de água. Nossos bebedouros estarão temporariamente indisponíveis;
  9. A Biblioteca não contará com guarda-volumes nesse momento de reabertura. Portanto, antes de vir, lembre-se que não é permitida a entrada com malas, mochilas e sacolas;
  10. Por gentileza, cancele o agendamento caso desista da visita. Desta forma, outras pessoas terão a oportunidade de visitar a Biblioteca Municipal João Bosco Pantoja Evangelista.

História

A obra de restauro da Biblioteca Municipal João Bosco Pantoja Evangelista manteve as características arquitetônicas do prédio e recebeu adaptações de modernidade, como sala de projeção, área de acervo em braile, um café-boxe e itens de acessibilidade, como elevador, piso tátil e banheiros para pessoas com deficiência.

O prédio datado do início do século 20 é um sobrado de características arquitetônicas ecléticas, quando Manaus experimentou o apogeu do ciclo da borracha. No edifício, durante muitos anos ficou sediada a Liverpool School of Tropical Medicine, instituição fundada em 1898 e primeira no mundo dedicada à pesquisa e ao ensino em medicina tropical. Ao longo do restante do século 20, após o fechamento da escola, o edifício esteve em propriedade de particulares.

Em 1995, o prédio foi desapropriado pela Prefeitura de Manaus. A biblioteca pública municipal teve a sua primeira sede na avenida Joaquim Nabuco, passando a ocupar o endereço na rua Monsenhor Coutinho em 1997. A biblioteca tem o nome do professor, escritor e poeta João Bosco Evangelista (1938-1973), que foi um dos célebres fundadores do Clube da Madrugada.

O imóvel foi devidamente recuperado e adaptado para receber o vasto acervo amazônico, periódicos, entre jornais e revistas, e documentos especiais, como obras raras datadas do século 17. O acervo conta com 32 mil exemplares, divididos entre obras de referência e temas bibliográficos, como coleções de obras gerais, coleções temáticas amazônicas, infantil, braile e multimídia.

22.12.2020 Inauguração da Biblioteca Municipal João Bosco Pantoja Evangelista